terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Filósofo Alain de Botton propõe templo para ateus em Londres


O filósofo e escritor suíço Alain de Botton propôs a construção de um prédio de mais de 45 metros de altura que serviria como uma espécie de templo para ateus. O templo seria construído no coração financeiro de Londres.

Segundo o filósofo, o templo seria usado para celebrar uma nova forma de ateísmo, que seria um contraponto ao ateísmo proposto pelos pensadores Richard Dawkins e Christopher Hitchens.

De Botton argumenta que o ateísmo proposto pelos dois pensadores é ‘destrutivo’, por atacar as religiões, ao contrário de sua proposta de harmonia entre as religiões.

‘Em geral, um templo é feito para Jesus, Maria ou Buda, mas é possível construir um templo para qualquer coisa positiva e boa’, disse De Botton ao jornal britânico Guardian.

‘Isso poderia significar um templo ao amor, amizade, tranquilidade e perspectiva. Porque o ateísmo de Richard Dawkins e Christopher Hitchens ficou conhecido como uma força destrutiva. Mas há muitas pessoas que não acreditam [em Deus] e não são agressivas contra outras religiões.’
Polêmica
A proposta de Alain de Botton provocou uma polêmica entre os pensadores, com declarações publicadas na imprensa britânica.

Richard Dawkins criticou o plano do filósofo suíço, dizendo que isso seria um desperdício de dinheiro. Para ele, um templo para ateus é uma contradição.

‘Ateus não precisam de templos’, disse Dawkins. ‘Eu acho que já formas melhores de se gastar este tipo de dinheiro. Se você vai gastar dinheiro com ateísmo, você poderia melhorar a educação secular e construir escolas não-religiosas que ensinam pensamentos racionais, céticos e críticos.’

Allain de Botton está lançando um livro novo sobre ateísmo, chamado Religion for Atheists: A Non-believer’s Guide to the Uses of Religion (ou Religião para Ateus: Um guia para Não-crentes sobre as Utilidades da Religião, em tradução livre).

Em fevereiro de 2010, o filósofo encomendou um projeto ao arquiteto Tom Greenall para a criação do templo.

‘Com 46 metros de altura e no coração da City londrina, o templo representa toda a história da vida na Terra: cada centímetro da sua altura equivale a um milhão de anos de vida [do planeta]‘, afirma o arquiteto, em seu site.

‘A um metro a partir do solo, uma fina linha de ouro – com não mais que um milímetro – representa toda a existência da humanidade. A visita ao templo serve dar outra perspectiva [da vida] aos visitantes.’

O filósofo afirmou ao Guardian que já captou metade dos recursos necessários para o templo, mas que os doadores preferem o anonimato. O templo começaria a ser construído no final de 2013, caso seja aprovado pela prefeitura.

Ele disse que escolheu o centro financeiro da cidade porque seria onde as pessoas mais ‘perderam perspectiva’ sobre as prioridades da vida.

FONTE: http://fimdostempos.net/

Vigilância: Casal preso por causa de mensagem no Twitter


Entusiasmado com a sua viagem aos Estados Unidos, Leigh Van Bryan, um irlandês de 26 anos de idade, publicou uma mensagem no seu twitter onde se lia a dada altura: «destruir os Estados Unidos».

Mal sabia ele, que o seu entusiasmo iria ser mal entendido no outro lado do Atlântico.

Assim que desembarcou no aeroporto de São Francisco, na Califórnia, o jovem foi preso.

Leigh Van Bryan e a amiga que o acompanhava na viagem, relataram ao jornal britânico, «The Sun», a sua aventura. «Fomos tratados como terroristas, com direito a escolta e a cinco horas de interrogatório», recordam.

Segundo Bryan, após a sua mensagem no twitter, o Departamento de Segurança dos EUA classificou-o como «perigoso».

E que dizia a mensagem? Bryan perguntava à amiga, se «estava livre essa semana para conversarem, antes de irem destruir os Estados Unidos?».

FONTE: The Sun

Deputado se DEMITE da função de relator do ACTA e denuncia: “Eu não vou participar desta FARSA!”


Kader Arif, o relator do ACTA ao Parlamento Europeu, decidiu demitir-se da sua missão crucial para a ratificação do acordo anti-contrafacção. Foi a assinatura do acordo pela União Europeia em Tóquio nesta quinta-feira que motivou a sua decisão.

Eis o seu comentário:

A Comissão Europeia assinou hoje, em nome da União Europeia, o acordo comercial anti-contrafacção, ACTA.

Gostaria de denunciar todo o processo que levou à assinatura deste acordo: não há associação da sociedade civil, falta de transparência desde o início das negociações, sucessivos adiamentos da assinatura do texto sem que “Nenhuma explicação seja dada, deixando de lado as reivindicações do Parlamento Europeu, no entanto, expressa em diversas resoluções desta assembléia.

Como relator deste texto, enfrentei manobras sem precedentes da direita deste Parlamento para impor um cronograma acelerado para passar o acordo o mais rapidamente possível antes que a opinião publica seja alertada, privando na verdade, o Parlamento Europeu do seu direito de expressão e das suas ferramentas à disposição para levar as legítimas reivindicações aos cidadãos.

No entanto, todos sabemos, o acordo ACTA causa problemas, seja no seu impacto sobre as liberdades civis, nas responsabilidades que impõe aos fornecedores de acesso à Internet, na fabricação de medicamentos genéricos ou na pouca proteção que oferece as nossas indicações geográficas.

Este acordo poderá ter consequências importantes na vida de nossos cidadãos, e no entanto tudo é feito para que o Parlamento Europeu não tenha voz neste capitulo. Então, hoje, na apresentação deste relatório a meu cargo, gostaria de enviar um forte sinal e alertar o público sobre esta situação inaceitável. Eu não vou participar nesta farsa.

Fontes: Numerama, Kader Arif

FONTE: Fim dos Tempos.net

Pombas se recusam a deixar o Papa

O papa Bento XVI libertou neste domingo duas pombas, símbolos da paz, durante o Angélus, mas as duas aves, como acontece frequentemente, se recusaram a voar, provocando um comentário descontraído do sumo-pontífice.

A primeira pomba pousou diante da janela do papa e ficou por um bom tempo no local, enquanto a segunda, jogada para fora da janela, voltou para o quarto onde Bento XVI estava na companhia de duas crianças, antes de voar.

“Elas querem ficar na casa do Papa”, comentou Bento XVI, depois soltar essas pombas “como sinal de paz para a cidade de Roma e para o mundo inteiro”.

Este ato tradicional com as pombas marca o fim do “mês da paz”, organizado pela Ação Católica de Roma (ACR) e encerrado por uma “caravana da paz” pelas ruas da capital italiana, terminando na Praça São Pedro, no Vaticano.

Lembrando a Jornada Internacional de Intercessão pela Paz na Terra Santa, Bento XVI se disse “em profunda comunhão” com o Patriarca latino de Jerusalém, mencionando “o dom da paz para esta terra bendita de Deus”.

Em ocasião da Jornada Mundial dos Leprosos, o Papa “estimulou todas as pessoas afetadas por essa doença e aquelas que as ajudam a se comprometerem a eliminar a pobreza e a marginalização, as verdadeiras causas do contágio”.

FONTE G1

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Cientista russo afirma ter descoberto vida em Vênus


Um cientista russo afirma ter encontrado vida em Vênus, o segundo planeta na escala do Sistema Solar e o mais quente entre aqueles que orbitam o Sol. Leonid Ksanfomaliti, do Instituto de Pesquisas Espaciais da Academia de Ciências da Rússia, reanalisou fotos tiradas em 1982 pela sonda Venus-13 para fazer essa constatação.

Ksanfomaliti disse que as imagens mostraram um corpo com formato de escorpião, composto por um disco e uma “borda negra”, que, segundo ele, moveu-se, como mostram as imagens registradas pela sonda. As informações foram publicadas no jornal russo Solar System Research e reportadas pela versão online do jornal britânico Daily Mail.

Segundo o cientista, autor de diversos livros publicados na área, os supostos seres registrados pela Venus-13 “emergem, flutuam e desaparecem” e contam com características morfológicas que permitem dizer que eles estão vivos.
Dois planetas, dois destinos

Até agora, não há registros de vida em Vênus. A superfície do planeta pode chegar a uma temperatura de 464 graus celsius, o que elimina boa parte das chances de isso acontecer. Apesar de sua similaridade com a Terra em tamanho e estrutura, o planeta conta com uma atmosfera tóxica que retém o calor em um efeito estufa constante.

Os cientistas não descartam a possibilidade de existir vida em Vênus, mas a maioria das pesquisas sobre o planeta se concentra nessa hipótese de existência apenas em um passado distante, antes do efeito estufa criado pelas altas temperaturas que existem hoje.

De acordo com o professor Andrew Ingersoll, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, Terra e Vênus podem ter começado da mesma forma há milhares de anos. Ele não rejeita a possibilidade da Terra ter possuído a atmosfera igual a de Vênus, com dióxido de carbono, e nem de Vênus ter possuído água.
Missão americana

A Agência Espacial Americana enviou a sonda Magalhães em 1989, sete anos depois de a sonda russa ter visitado o planeta. A NASA conseguiu imagens muito mais detalhadas da superfície e não encontrou seres vivos nos registros enviados pelo aparelho.

A Magalhães mapeou 84% da superfície de Vênus com resolução 10 vezes melhor do que a da missão russa, valor que subiu para 98% no rastreamento feito em 1992.

Via Yahoo! News

domingo, 29 de janeiro de 2012

Asteróide do tamanho de um ônibus passa perto da Terra – Detalhe: ele foi detectado somente na quarta-feira


Um asteroide do tamanho aproximado de um ônibus passou perto da Terra no final da sexta-feira (27), como já era previsto pelos especialistas, sendo um dos objetos espaciais a ficar mais perto de nosso planeta.

O asteroide, chamado 2012 BX34, mede de seis a 19 metros de diâmetro e não era conhecido até ser detectado por um telescópio no Arizona na quarta-feira (25), disse Gareth Williams, diretor-adjunto da base norte-americana Minor Planet Center, que rastreia objetos espaciais.

O objeto passou a cerca de 60.000 km da Terra na sexta-feira por volta das 13 horas, no horário de Brasília. “Passou muito perto. É um dos 20 objetos espaciais observados que estiveram mais perto da Terra”, disse Williams.

A Nasa anunciou no Twitter na quinta-feira (26) que o asteroide “passaria sem perigo pela Terra em 27 de janeiro”. Williams explicou que como o asteroide era muito pequeno, só foi possível detectá-lo quando já estava perto da Terra e que, apesar de ter sido uma surpresa, não foi nada fora do comum.

“Passou a um sexto da distância da Lua”, disse. “No último ano, detectamos 30 objetos que foram observados na órbita da Lua”.

Esferas azuis gelatinosas caem do Céu


Steve Hornsby de Bournemouth, disse as bolas 3cm de diâmetro veio chover no final da tarde de quinta-feira durante uma tempestade de granizo.

Ele encontrou cerca de uma dúzia das bolas em seu jardim. Ele disse: "[Eles são] difíceis de pegar, eu tinha que pegar uma colher e agite-os em um frasco de doce."

O Met Office disse que a substância gelatinosa "não era meteorológicas".

Sr. Hornsby, um ex-engenheiro aeronáutico, disse: "O céu ficou realmente uma cor amarelo escuro.

"Enquanto eu caminhava fora para ir para a garagem havia uma tempestade de granizo instantânea por alguns segundos e eu pensei, 'o que é isso na grama"?

Andando em torno de seu jardim encontrou muitas esferas mais azul foram espalhados pela grama.

Ele disse: "Eles têm uma concha exterior com uma suave interior, mas não têm cheiro, não são pegajosos e não derreter."

Sr. Hornsby disse que estava mantendo as bolas em sua geladeira enquanto ele tentava descobrir o que eram.
Josie Pegg, um assistente de pesquisa aplicada da ciência na Universidade de Bournemouth, especulou que os fenômenos aparentemente estranho pode ser "marinhos invertebrados ovos".

"Estes têm sido implicados em anteriores estranha gosma" incidentes ", disse ela. "Eu pensaria que ele é um pouco cedo para a desova, mas eu suponho que nós tivemos um inverno muito suave.

"A transmissão de ovos nos pés das aves é bem documentada e eu acho que se um pássaro foi pego em uma tempestade esta poderia ser a causa."

EUA melhorarão sua bomba mais poderosa


As Forças Armadas dos EUA começaram a aumentar a capacidade da bomba não-nuclear, a mais poderosa no seu serviço. Os peritos do Pentágono concluiram que a força das armas não-nucleares em serviço dos EUA é insuficiente para destruir instalações subterrâneas fortificadas do Irã. Em particular, durante os testes divulgaram que a bomba anti-bunker GBU-57 de 13,6 toneladas, também conhecida como MOP (Massive Ordnance Penetrator), é incapaz de cumprir esta tarefa.A bomba foi especialmente projetada para atingir instalações subterrâneas, construidas no Irã e Coreia do Norte para esconder atividades nucleares. No entanto, durante os testes ficou claro que muitas instalações subterrâneas iranianas são demais profundas ou possuem uma proteção adicional.

FONTE: Voz da RÚSSIA

sábado, 28 de janeiro de 2012

FBI busca ferramenta para extrair dados de redes sociais


WASHINGTON, 26 Jan 2012 (AFP) -O FBI está buscando uma ferramenta que permita extrair pistas úteis para a agência de inteligência americana por meio das redes sociais na internet.

A agência perguntou a companhias de Tecnologia da Informação sobre a possibilidade de desenvolver um programa que “reforce suas técnicas para coletar e compartilhar informação de inteligência processável de ‘fontes abertas’”.

A solicitação foi publicada em um site, que oferecia a oportunidade de fazer negócios com o governo federal.

“As mídias sociais se tornaram uma fonte primária de inteligência porque se tornaram na primeira resposta a eventos-chave e de alerta primário em situações em desenvolvimento”, afirmou a oferta da agência.

“Os analistas de inteligência utilizam as redes sociais para receber a primeira advertência de que uma crise ocorreu”, admitiu.

Por isso, explicou, a ferramenta procurada “deve ter a capacidade de reunir rapidamente informação crucial de livre disponibilidade que permita identificar e localizar rapidamente eventos de destaque, incidentes e ameaças emergentes”.

FONTE: http://fimdostempos.net

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Correntes fundem-se em braço de homem


O chinês Zhang Chuanqiu vive na pele ou pior no punho a desagradável vida de um torturado na China, devido a um conflito gerado por causa de um empréstimo que ele faz para reformar sua residência ele acabou preso, torturado e acorrentado, preso em 2005 ele teve seu braço acorrentado, a corrente ficou tão apertada que elas se fundiram com sua pele, adentrando seu braço, devido a enormes dores o rapaz sofreu muito na prisão, necessitando da ajuda de amigos e familiares para limparem seus ferimentos e tentar amenizar a dor, por diversas vezes ele implorou ajuda para que fosse feita uma cirurgia de reparação no seu braço que a cada dia erra praticamente engolido pelas correntes.

Veja as fotos abaixo e comprove a gravidade do ferimento.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O adolescente que não come nada há 18 anos!


Cientistas em Londres estão investigando o caso de um menino que tem uma doença rara que faz com que ele não consiga comer.

O jovem Muhammad Miah, de 18 anos, não consegue nem mesmo beber água da torneira.

Desde a infância, ele é obrigado a se alimentar de forma artificial. Durante o dia, ele toma um líquido acrescido de proteínas, carboidratos, gordura, água, minerais e vitaminas."A água precisa ser fervida ou mineral, caso contrário meu estômago não aprova. Meu estômago é muito sensível", diz ele.

À noite, um aparelho especial bombeia nutrientes diretamente em seu estômago através de um tubo especial.

Antigamente, ele era alimentado usando métodos intravenosos, com os nutrientes entrando direto na corrente sanguínea, sem passar pelos processos normais de digestão.

Um episódio, no entanto, marcou Muhammad.
"Meu estômago parou de funcionar totalmente. Eu não conseguia nem mesmo ser alimentado por nutrientes líquidos ou água. Isso durou por vários meses", afirma o jovem.
Doença rara

Muhammad sofre de uma condição rara chamada pseudo-obstrução intestinal, que afeta apenas entre 12 e 15 crianças em toda a Grã-Bretanha. O intestino perde toda a capacidade de fazer a comida passar pelo aparelho digestivo.

Os médicos no hospital Great Ormond Street, em Londres, onde Muhammad está sendo tratado, acreditam que no caso do jovem a doença foi provocada por uma falha nos nervos do músculo do intestino.

Muhammad ainda consegue ver o lado positivo na sua doença.

"Às vezes eu acho que sou mais saudável do que as outras pessoas. Quando você pensa em todos os tipos de porcarias que as pessoas estão comendo... pelo menos eu não vou engordar."

Ele conta também que nunca chega a sentir fome.
"Minhas refeições são tão bem cronometradas agora, que eu sinto fome de verdade, para ser sincero. E quando eu estou passando muito mal, eu não sinto fome. É algo normal para mim."

Apesar da atitude positiva, ele enfrenta muitos problemas no seu cotidiano. Muhammad está estudando para entrar na universidade. Devido à sua doença, há dias em que ele fica tão sem energia que mal consegue sair da cama.

O especialista em pediatria e problemas intestinais Nikhil Tharpar, do Instituto de Saúde Infantil da University College London, afirma que há urgência na medicina em se compreender melhor como o estômago funciona.

"Nós só conseguimos controlar os sintomas no momento. O tratamento é só permitir que pacientes como Muhammad sobrevivam. Nós não vamos oferecer nenhuma cura", diz o médico.

"Mas nós queremos entender como esses defeitos de nascença surgem, e fazer um pouco de pesquisa com células-tronco para desenvolver alguns dos nervos que não existem [no paciente]."

Tharpar diz que crianças com pseudo-obstrução intestinal levam o defeito consigo a vida toda.

"Essas crianças são muito corajosas, apesar de tudo. Ela vivem com uma péssima qualidade de vida, estão sempre entrando e saindo do hospital todas as semanas e sofrem de constipação crônica. Elas vivem no limite", afirma o médico.

Via: BBC

Piloto de aeromodelo descobre um rio de sangue nos Estados Unidos


Uma pessoa em Dallas, nos Estados Unidos, estava controlando um de seus drones aéreos (aeromodelo) e capturando imagens quando se deparou com algo perturbador: um imenso lago de sangue atrás de um abatedouro.
Após verificar as imagens, o “piloto” contou ao sUAS News que permaneceu calmo e procurou entrar em contato com as autoridades. Em menos de 40 minutos, um investigador local já estava na propriedade verificando qual era a origem dessa cena desagradável.
Contudo, tal situação desperta certa dúvida quanto à privacidade, assunto que está tão em alta nos últimos tempos. Desta vez, a câmera instalada no avião serviu para algo positivo, mas e se essa mesma câmera fosse usada para espionar uma casa ou outra propriedade privada?

Censura na Internet e fora dela: Sopa e Pipa foram feitos para desvio de atenção! O Gigante ACTA está por vir! Manifestações contra ACTA já ocorrem pe

Projeto Acta quer criar padrão internacional de proteção de direitos autorais.
País europeu se comprometeu a assinar acordo na quinta-feira (26).

Manifestantes gritam frases contra projeto de lei antipirataria Acta (Acordo Anti-Pirataria, da sigla em inglês) na Polônia. O protesto ocorre nesta terça-feira (24), em frente a um escritório da União Europeia. O Acta é diferente do Sopa e do Pipa (restritos aos EUA) porque almeja criar padrões internacionais para a proteção da propriedade intelectual, mas grupos se opõem dizendo que ele limita a liberdade da internet. A Polônia se comprometeu a assinar o acordo na quinta-feira (26). (Foto: Janek Skarzynski/France Presse)

FONTE: G1

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Desmatamento revela desenhos no solo da Amazônia

De acordo com descobertas arqueológicas, as escavações nas terras são muito antigas e podem melhorar a compreensão da floresta

Edmar Araújo ainda se lembra do pavor que sentiu. Algumas décadas atrás, enquanto limpava árvores no terreno de sua família, localizado perto da cidade de Rio Branco, um local isolado em um dos cantos do oeste da Amazônia brasileira, ele se deparou com uma série de avenidas de barro esculpidas no solo.

“Estas fileiras eram muito perfeitas para terem sido feitas por um homem”, disse Araújo, um pecuarista de 62 anos de idade. “A única explicação que eu conseguia imaginar era que elas eram trincheiras que foram cavadas durante a guerra contra os bolivianos.”

Mas estas não eram trincheiras, pelo menos não serviram para nenhum conflito que possa ter ocorrido aqui durante o século 20. De acordo com descobertas arqueológicas feitas na região nos últimos anos, as escavações nas terras de Araújo e centenas como ela em regiões próximas são muito mais antigas do que isso e podem melhorar potencialmente nossa compreensão da maior floresta tropical do mundo.

Vista aérea de fazenda perto de Rio Branco, no Acre

O desmatamento que atingiu a Amazônia nos anos 70 também expôs um segredo escondido há muito tempo debaixo desta floresta de grande espessura: formas geométricas perfeitamente desenhadas que abrangem centenas de metros de diâmetro.

Alceu Ranzi, um estudioso brasileiro que ajudou a descobrir os quadrados, octágonos, círculos, retângulos e formas ovais que compõem as esculturas de terra, disse que esses geoglifos encontrados em terras desmatadas são tão significativos quanto as famosas linhas de Nazca, os símbolos enigmáticos de animais que são visíveis quando avistados do alto no sul do Peru.

“O que mais me impressionou sobre esses geoglifos foi sua precisão geométrica e como eles estavam escondidos em uma floresta que até então nos parecia ser intocada à exceção de algumas tribos nômades que haviam habitado a região”, disse Ranzi, paleontólogo que viu pela primeira vez os geoglifos na década de 70 e, anos mais tarde, observou-os de avião.

Para alguns estudiosos da história humana na Amazônia, os geoglifos existentes no Estado brasileiro do Acre e em outros sítios arqueológicos sugerem que as florestas da Amazônia ocidental, anteriormente considerada inabitável por sociedades mais sofisticadas, em parte por causa da qualidade de seus solos, pode não ter sido tão “Inabitável”, como alguns ambientalistas afirmam.

O escritor americano Charles C. Mann explica que ao invés de ter permanecido uma floresta virgem, quase não habitada por pessoas, partes da Amazônia podem ter sido locais aonde grandes populações viviam em dezenas de cidades interligadas por redes de estradas. Na verdade, de acordo com Mann, o explorador britânico Percy Fawcett desapareceu em 1925 em sua busca pela “Cidade Z”, que supostamente existia na região de Xingu.

Além de partes da Amazônia terem sido “muito mais densamente povoadas do que se pensava”, Mann, o autor de “1491″, um livro inovador que fala a respeito das Américas antes da chegada de Colombo, disse que “estas pessoas propositadamente modificavam seu ambiente de uma maneira que pudesse ser duradoura.”

Como consequência das vastas regiões habitadas por humanos, é possível que as florestas da América do Sul possam ter sido muito menores durante certos períodos, com grandes áreas vazias semelhantes às savanas.

Tais revelações não se encaixam confortavelmente com os debates políticos atuais a respeito do desenvolvimento da região, em que alguns ambientalistas se recusam a permitir que a pecuária e o cultivo da soja em larga escala, por exemplo, avance ainda mais para outras regiões da Amazônia.

Os cientistas também dizem se opor à queima indiscriminada das florestas, mesmo que a pesquisa sugira que a Amazônia tenha sustentado uma agricultura intensiva no passado. Na verdade, dizem que outras regiões dos trópicos, especialmente a África, poderiam se beneficiar de estratégias antes utilizadas na Amazônia para superar as limitações do seu solo.

“Se alguém quiser recriar a Amazônia da era pré-colombiana, a maior parte da floresta precisa ser destruída, ser populada por muitas pessoas e ter uma agronomia altamente produtiva”, disse William Woods, geógrafo da Universidade de Kansas, que faz parte de uma equipe que está estudando os geoglifos do Acre.

“Eu sei que isso não terá uma boa repercussão com os ambientalistas”, disse Woods, “mas o que mais se pode dizer à respeito?”

Enquanto os pesquisadores tentam entender a história ecológica da Amazônia, mistério ainda envolve as origens dos geoglifos e as pessoas responsáveis por eles. Até agora, 290 obras escavadas foram encontradas no Acre, junto com cerca de 70 outras na Bolívia e 30 nos Estados brasileiros do Amazonas e Rondônia.

Os primeiros pesquisadores descobriram os geoglifos na década de 1970, depois que a ditadura militar brasileira incentivou colonos a se mudarem para as regiões do Acre e da Amazônia, apoiados pelo slogan nacionalista “Ocupar para não entregar”, para justificar o povoamento da área que resultou no desmatamento.

Porém, a comunidade científica demonstrou pouco interesse na descoberta até que o cientista brasileiro Ranzi começou suas pesquisas na década de 1990, e pesquisadores brasileiros, finlandeses e americanos começaram a encontrar mais geoglifos usando imagens de satélite de alta resolução e de pequenos aviões que sobrevoavam a Amazônia .

Denise Schaan, arqueóloga da Universidade Federal do Pará no Brasil, que agora lidera a pesquisa dos geoglifos, disse que testes de radiocarbono indicam que elas foram construídas de 1.000 a 2.000 anos atrás, e podem ter sido reconstruídas várias vezes durante esse período.

Inicialmente, disse Schaan, os pesquisadores consideraram a ideia destas trincheiras serem utilizadas para a defesa contra ataques devido a sua profundidade de quase 7 metros. Mas a falta de provas de que houvesse acorrido algum tipo de assentamento humano dentro e ao redor das trincheiras fizeram com que essa teoria fosse descartada.

Os pesquisadores agora acreditam que os geoglifos podem ter tido uma importância cerimonial, similar, talvez, as catedrais medievais da Europa. Este papel espiritual, disse William Balée, um antropólogo da Universidade de Tulane, pode ter envolvido a “geometria e gigantismo”.

Ainda assim, os geoglifos, que fazem parte da cultura andina e amazônica, permanecem um enigma.

Eles estão longe de assentamentos pré-colombianos descobertos em outras partes da Amazônia. Há também grandes dúvidas sobre os povos indígenas que habitaram esta parte da Amazônia na época, já que milhares foram escravizados, mortos ou expulsos de suas terras durante a era da exploração da borracha, que começou no final do século 19.

Para os pesquisadores e cientistas brasileiros, disse Schaan, as trincheiras são “uma das descobertas mais importantes do nosso tempo.” Mas o repovoamento desta parte da Amazônia ameaça a sobrevivência dos geoglifos, após de terem permanecido escondidos durante séculos.

Florestas ainda cobrem a maior parte do Acre, mas nas áreas desmatadas onde os geoglifos se encontram, já foram construídas algumas estradas de terras. Pessoas vivem em barracos de madeira dentro de outros. Postes de eletricidade agora fazem parte da paisagem dos geoglifos. Alguns fazendeiros usam suas trincheiras como buracos para que seu gado possa beber água.

“É uma vergonha que nosso patrimônio seja tratado dessa maneira”, disse Tiago Juruá, o autor de um novo livro sobre como proteger os sítios arqueológicos, incluindo os geoglifos.

Juruá, um biólogo, assim como outros pesquisadores, diz que os geoglifos encontrados até agora são, provavelmente, apenas uma amostra do que as florestas do Acre ainda guardam sob sua copa. Afinal, segundo eles, existe hoje o menor número de pessoas habitando a região da Amazônia, menos até do que antes da chegada dos europeus há cinco séculos.

“Esta é uma nova fronteira para os exploradores e para a ciência”, disse Juruá. “O desafio agora é fazer mais descobertas nas florestas que ainda estão de pé, com a esperança de que elas não irão em breve ser destruídas.”

Fonte: NYT/Último Segundo
http://inconscientecoletivo.net

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

A NASA Parece Estar Sabendo de Algo Muito Grave

Primeiro o comercial da FEMA, agora a NASA manda seus funcionários se prepararem para o pior. Com certeza esse ano será inesquecivel, e cabe a cada um de nós tomar cuidado e prestar muita atenção ao que esta acontecendo a nossa volta a televisão só passa porcaria, todo o tipo de assunto que só nos faz ficar alienados e a Internet o único meio livre de divulgação dos fatos corre risco de sofrer censura pela SOPA.
Vamos ficar atentos algo acontece.
video

Arca de Noé – encontrada?


A anomalia do Ararat é um objeto aparecendo nas fotografias dos campos de neve próximos ao cume do Monte Ararat, Turquia, e sugerido por alguns crentes no literalismo da Bíblia como sendo os resquícios da Arca de Noé. A anomalia está localizada na extremidade noroeste do Platô Oeste do Monte Ararat há aproximadamente 5.000 metros. Foi filmado pela primeira vez durante uma missão de reconhecimento da Força Aérea dos Estados Unidos, em 1949 – o maciço do Ararat localiza-se na antiga fronteira Turca/Soviética, e por isso era uma área de interesse militar – e conseqüentemente foi dada a classificação de “secreto” conforme iam sendo tiradas subseqüentes fotografias em 1956, 1973, 1976, 1990 e 1992, por aeronaves e satélites. Seis frames (quadros) da filmagem de 1949 foram liberados durante o Ato de Liberdade de Informação. Um projeto de pesquisa foi mais tarde estabelecido entre a Insight Magazine e a Space Imaging (hoje “GeoEye”), utilizando o satélite IKONOS. O IKONOS, em sua primeira viagem, capturou a anomalia em 5 de Agosto e 13 de Setembro de 2000. A área do Monte Ararat também foi fotograda pelo satélite francês SPOT em 1989, Landsat nos anos 1970 e pela Space shuttle da NASA em 1994.
video
video

Poço de Dinheiro de Oak Island


O “Poço de Dinheiro” de Oak Island é o sítio da mais longa caçada à tesouro perdido do mundo. Por centenas de anos, caçadores de tesouros aventuraram-se à Nova Escócia e tentaram recuperar o tesouro que é protegido por uma série de armadilhas engenhosas. Artefatos estranhos feito pelo homem foram recuperados do poço ao longo dos anos, mas até hoje, o tesouro permanece enterrado. Piratas, Cavaleiros Templários ou Francis Bacon – ninguém sabe ao certo quem criou este misterioso poço de dinheiro ou porquê. Existem especulações abrangentes sobre quem originalmente cavou o poço e o que ele pode conter. Plataformas de cascalho foram descobertas a cada 3 metros. Há marcas de picaretas nas paredes do poço de dinheiro e a terra é notavelmente solta e não compacta. O túnel de inundação à 27 metros foi identificado e sabe-se que está revestido de pedras achatadas. Alguns têm especulado que o poço de Oak Island foi cavado para guardar um tesouro muito mais exótico do que ouro ou prata. Em seu livro de 1953, “The Oak Island Enigma: A History and Inquiry Into the Origin of the Money Pit“, Penn Leary alegou que o filósofo inglês Francis Bacon usou o poço para esconder documentos que provavam ser ele o autor das peças de Shakespeare. Na imagem acima vemos o poço de dinheiro como ele é hoje. Abaixo, um esquema das escavações já feitas.

E ainda não se chegou ao fundo do poço literalmente falando.

Fonte: http://inconscientecoletivo.net

O sinal Wow e a busca por inteligência extraterrestre

Não é segredo para ninguém que diversos cientistas se dedicam a tentar contato com outras civilizações em outros planetas, mesmo que estejam há muitos anos-luz de distância. Para isso usam poderosos radiotelescópios, que tentam detectar algum sinal "não natural" vindo de algum ponto do espaço. É uma busca ingrata e demorada, que até hoje não apresentou nenhuma prova da existência de inteligência extraterrestre. No entanto, em 1977, um misterioso sinal foi recebido aqui na Terra e é considerado até hoje o único sinal que possa ter sido emitido por uma civilização distante.

Era 15 de agosto de 1977 e como fazia todas as noites, o radio-astrônomo Jerry Ehman analisava os dados captados pelo radiotelescópio Big Ear, ou "Orelhão", da Universidade de Ohio.

Como de costume, a maioria dos sinais captados já eram bem conhecidos do pesquisador e não passavam de emissões provenientes de galáxias e satélites. De repente, um fraco sinal diferente dos demais começou a aumentar gradualmente de intensidade até atingir o pico, decaindo e desaparecendo em seguida. O tempo total de detecção foi de exatos 72 segundos e sua intensidade era tão grande que ultrapassou o limite da escala preparada para as observações.

Pego de surpresa e sem muito tempo para analisar cientificamente o fato, Ehman escreveu ao lado dos códigos que representavam os sinais, na folha impressa pelo computador, a intensidade do evento que acabara de presenciar: “WOW !”

Analisando a posição da antena, conclui-se que as ondas eletromagnéticas detectadas eram provenientes da constelação de Sagitário e tinha a freqüência de 1420.4556 MHz, correspondente à famosa linha de 21 cm do hidrogênio, também chamada de “janela da água” em radioastronomia.
Era 15 de agosto de 1977 e como fazia todas as noites, o radio-astrônomo Jerry Ehman analisava os dados captados pelo radiotelescópio Big Ear, ou "Orelhão", da Universidade de Ohio.

Como de costume, a maioria dos sinais captados já eram bem conhecidos do pesquisador e não passavam de emissões provenientes de galáxias e satélites. De repente, um fraco sinal diferente dos demais começou a aumentar gradualmente de intensidade até atingir o pico, decaindo e desaparecendo em seguida. O tempo total de detecção foi de exatos 72 segundos e sua intensidade era tão grande que ultrapassou o limite da escala preparada para as observações.

Pego de surpresa e sem muito tempo para analisar cientificamente o fato, Ehman escreveu ao lado dos códigos que representavam os sinais, na folha impressa pelo computador, a intensidade do evento que acabara de presenciar: “WOW !”

Analisando a posição da antena, conclui-se que as ondas eletromagnéticas detectadas eram provenientes da constelação de Sagitário e tinha a freqüência de 1420.4556 MHz, correspondente à famosa linha de 21 cm do hidrogênio, também chamada de “janela da água” em radioastronomia.

A estrela mais próxima que existe naquela direção está a pelo menos 220 anos-luz de distância. Desse modo, se o sinal partiu mesmo daquela região, foi um evento astronômico de gigantesca potência e que até hoje não foi identificado pelos cientistas.


Sinal Diferente
No entanto, o que mais intrigou os pesquisadores e tornou o sinal "wow" particularmente interessante, foi o modo como cresceu e diminui de intensidade durante os 72 segundos de duração. Por que?

O radiotelescópio Big Ear não é giratório e sim fixo no solo. Seu movimento de varredura é dado pela própria rotação da Terra e capta os sinais provenientes do espaço através de um feixe de recepção bastante estreito apontado para o infinito. Como em todas as antenas parabólicas ou direcionais, a sensibilidade é maior na região central do feixe, diminuindo nas laterais. Assim, sempre que uma fonte de rádio vinda do espaço cruzava o radiotelescópio, essa aumentava de intensidade quando a rotação da Terra trazia o sinal para o centro do feixe e diminuía logo em seguida.

No caso do Big Ear, a largura desse feixe de recepção era extremamente estreita, com 8 minutos de arco e qualquer sinal que viesse do espaço levava sempre 72 segundos para atravessar o feixe. E foi exatamente isso o que ocorreu naquela noite.


Descartando hipóteses
Se o radiotelescópio tivesse sido alvo de algum sinal da Terra a intensidade iria crescer quase que imediatamente e diminuir também de forma abrupta. Por outro lado, se o sinal fosse proveniente de algum satélite terrestre também não apresentaria o intervalo de detecção de exatos 72 segundos.

Alguns poderiam supor que algum engraçadinho quisesse enganar os pesquisadores, simulando uma transmissão clandestina na faixa da linha do hidrogênio, mas dadas as características do sinal essa hipótese também foi descartada. Como explicado, a antena do radiotelescópio é fixa e possui o feixe de recepção extremamente estreito. Para se ter uma idéia, são necessários quase 6 minutos de varredura para cobrir uma região do céu de tamanho angular igual à Lua. Em outras palavras, o engraçadinho teria que ir ao espaço, permanecer imobilizado, ligar seu transmissor e esperar a Terra posicionar a antena do radiotelescópio à sua frente.

Para ser considerado como vindo de um ponto fixo no espaço, o sinal deveria crescer, atingir intensidade máxima e decair conforme a rotação da Terra movimentasse a antena. Além disso, deveria estar na freqüência da linha do hidrogênio, sugerida para tentar contatos extraterrestres. O sinal "WOW" cumpriu todos esses requisitos, caracterizando-o como uma verdadeira emissão vinda de uma fonte fixa do céu, mas de origem desconhecida.

Naquela ocasião, o próprio observatório levantou a hipótese de que o sinal poderia ser o reflexo de uma transmissão terrestre, rebatida em algum satélite geoestacionário, mas nenhum satélite encontrava-se naquela posição do céu no momento do evento.

Pelas razões apresentadas o sinal "Wow" é um forte candidato SETI (Search for Extra-Terrestrial Intelligence) já que ao que tudo indica, veio de fato do céu e não foi causado por interferência humana.


Dois feixes - Um Sinal
No entanto, um pequeno detalhe pode afetar o otimismo dos pesquisadores.

O radiotelescópio da Universidade de Ohio utilizava dois feixes para fazer a varredura, ambos situados lado a lado. Qualquer fonte de sinais que viesse do espaço seria captado no primeiro feixe por exatos 72 segundos e 3 minutos depois também seria detectada pelo segundo feixe por 72 segundos, mas isso não aconteceu.

Desde então, diversas experiências foram feitas em diversos comprimentos de ondas, sempre focadas na mesma direção do céu. Receptores mais sensíveis foram utilizados e diversos intervalos de tempo foram escolhidos na tentativa de se captar algum sinal periódico, mas desde 1977 nenhum sinal que chamasse a atenção foi detectado. Até agora, mais de 30 anos depois, não se chegou a uma explicação lógica sobre a origem do famoso sinal WOW.


Por que o Hidrogênio
Todos sabem que o hidrogênio é o elemento mais abundante do Universo. Sua freqüência natural de emissão é 1420.4556 MHz, também chamada de linha de 21 cm ou “janela da água”. Por ser o elemento em maior quantidade no universo, acredita-se que essa também seja a freqüência mais óbvia para se tentar algum contato com outras civilizações, tanto para transmissão como para recepção de sinais. Em 1977 o sinal WOW foi detectado exatamente nessa freqüência.



Fotos: No topo, anotação do radio astrônomo Jerry Ehman ao lado dos códigos de intensidade do sinal captado em 15 de agosto de 1977. Na seqüência, radiotelescópio Big Ear, no campus da Universidade de Ohio. As antenas originais foram desmontadas em 1998. Crédito: Projeto SETI - Search for Extra-Terrestrial Intelligence.

Fonte: http://www.apolo11.com

Kennedy e Lincoln , Coincidências ou Conspiração ?


Abraham Lincoln foi eleito para o Congresso em 1846
John F. Kennedy foi eleito para o Congresso em 1946
Abraham Lincoln foi eleito presidente em 1860
John F. Kennedy foi eleito presidente em 1960
Os nomes Lincoln e Kennedy têm sete letras
Ambos estavam comprometidos na defesa dos direitos civis
As esposas de ambos perderam filhos enquanto viviam na Casa Branca
Ambos os presidentes foram baleados numa sexta-feira
O secretário particular de Lincoln chamava-se John
A secretária particular de Kennedy tinha Lincoln como sobrenome
Ambos os presidentes foram assassinados por sulistas
Ambos os presidentes foram sucedidos por sulistas
Ambos os sucessores chamavam-se Johnson
Andrew Johnson, que sucedeu a Lincoln, nasceu em 1808
Lyndon Johnson, que sucedeu a Kennedy, nasceu em 1908
Andrew e Lyndon tem seis letras
Ambos os assassinos eram conhecidos pelos seus três nomes
Os nomes de ambos os assassinos têm quinze letras
Booth saiu correndo de um teatro e foi apanhado num depósito
Oswald saiu correndo de um depósito e foi apanhado num teatro
Nem Booth nem Oswald viveram para serem julgados pelos crimes. Foram assassinados com tiros advindos de pistolas, à queima-roupa;
Uma semana antes de Lincoln ser morto ele estava em Maryland Monroe
Uma semana antes de Kennedy ser morto ele estava com Marilyn Monroe
Lincoln foi morto na sala Ford, do teatro Kennedy
Kennedy foi morto num carro Ford, modelo Lincoln
Ambos jogavam golfe tendo, inclusive, o mesmo handicap (a pontuação que mede a habilidade do jogador)
Ambos os crimes ocorreram numa sexta-feira;
Kennedy e Lincoln foram assassinados na presença de suas mulheres;
Lee Harvey Oswald, algoz de Kennedy, nasceu cento e um anos depois de Booth, o assassino de Lincoln;
Kennedy foi eleito Presidente um século depois de Lincoln. Lincoln em 06/11/1860 e Kennedy em 08/11/1960;
Seus sucessores na Presidência tinham o nome de Johnson, e as suas datas de nascimento eram separadas por exatos cem anos. Andrew Johnson (17º presidente) nasceu em 1808; Lyndon Baines Johnson (36º presidente), em 1908;
O automóvel em que Kennedy estava fora fabricado especificamente para ele, no exato dia de sua morte;
Booth, após assassinar Lincoln, fugiu do teatro em que cometera o crime em direção a um armazém, onde foi fatalmente alvejado num cerco policial. Oswald, pelo contrário, conseguiu fugir do edifício em que estava por intermédio da janela de um armazém, indo parar num teatro, antes de ser capturado pela polícia;
A primeira indicação pública a favor da campanha eleitoral de Lincoln à presidência surgiu numa carta publicada no “Cincinnati Gazette”, em 6 de novembro de 1858. O nome sugerido para vice na futura chapa era um secretário da Marinha, posteriormente relegado ao ostracismo, de nome John Kennedy;
Os seguranças de Lincoln estavam preocupados com eventuais atentados, e o preveniram disso. O Serviço Secreto, órgão responsável pela guarda de Kennedy, não se agradava da idéia de um desfile em carro aberto, e, constantemente, externava ao presidente as preocupações com atentados;
A placa do último carro a compor a comitiva em desfile, no fatídico dia da morte de Kennedy, tinha em sua placa a seqüência numérica “1865″, ano da morte de Lincoln;
Lincoln comentou com um guarda, momentos antes de ser assassinado, que existiam “homens que querem tirar minha vida. E não tenho dúvidas de que eles conseguirão. Se isso deve ser feito, é impossível evitar”;
Horas antes de ser atingido mortalmente pelas balas de Oswald, Kennedy disse a mulher, Jacqueline, e a Ken O’Donnell, seu assessor pessoal: “Se alguém quiser me alvejar de uma janela com um fuzil, ninguém poderá impedi-lo. Assim, por que devo me preocupar?”;
Ambos os assassinatos provocaram enorme comoção nacional, em meio a sentimentos de que houvera uma conspiração para matá-los, e elevaram os nomes dos presidentes à posteridade. Lincoln e Kennedy têm monumentos em sua homenagem no Capitólio, o Congresso norte-americano.


Dizem que os dois presidentes americanos foram vítimas da maldição de Tecumseh, que segundo a lenda, os presidentes eleitos a cada 20 anos morreram durante o seu mandato.

Outros presidentes americanos também morreram supostamente pela maldição, entre eles James Garfield e William McKinley.

Fonte: http://resumo-net.blogspot.com

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Anonymous ataca sites do governo dos EUA após fechamento do Megaupload


Após um breve período de silêncio, o grupo de hackers Anonymous voltou à ativa na noite desta quinta-feira com um discurso de vingança.

Pouco tempo depois do Megaupload.com ter sido retirado do ar pelo FBI, acusado de pirataria, o grupo atribuiu a si os ataques que desativaram endereços da Justiça Americana, Universal Music, Associação Cinematográfica (MPAA) e da Associação da Indústria de Gravação da América (RIAA).

O anúncio foi feito nas páginas do grupo no Twitter (@anonops e @youranonews), por volta das 19h. "O Governo derruba o #Megaupload? 15 minutos depois o #Anonymous derruba os sites do governo e das gravadoras", diz um dos tuítes. "Vocês deviam ter previsto", afirmaram em outro post.

O grupo também afirmou que a operação em curso, chamada de #OpMegaupload ou #OpPayback, é "o maior ataque já feito alguma vez pelo Anonymous", com 5.635 participantes. Os hacktivistas estariam usando “Loic”, um programa de código aberto utilizado para ataques de negação de serviço DDoS.

E parece que a ação vai continuar - a intenção do grupo é ir atrás site do FBI. “Pegue pipoca… será uma noite longa e engraçada”, avisou o perfil que divulga e comemora os avanços da operação.

Fechado

O Megaupload.com, um dos dos maiores sites de compartilhamento de arquivos do mundo, saiu do ar depois que o FBI indiciou seus funcionários por pirataria. Como parte da operação, foram presos quatro executivos responsáveis pelo site, e outros três diretores do endereço serão processados.

A acusação é de que o site lesou proprietários de direitos autorais em mais de US$ 500 milhões ao abrigar contéudo pirateado como filmes e músicas. Durante a noite, a página está fora do ar e não traz nenhum aviso sobre o motivo.


Via: EXAME.COM

Site de compartilhamento Megaupload é desativado por FBI, e seus fundadores presos


O famoso site de compartilhamento Megaupload foi oficialmente fechado, e todos os fundadores presos pelo FBI. A partir de hoje, não é mais possível enviar nem baixar arquivos deste site, tudo o que havia lá foi perdido. Com o fim do Megaupload, outros grandes sites poderão ser alvos da investigação… Será o fim do compartilhamento na Internet?

O FBI veio a público hoje (19/01/2012) e declarou oficialmente que o site Megaupload está fechado, e o fundador Kim Schmitz assim como todos os executivos e sócios foram presos. Não é surpresa pra ninguém que a maioria dos arquivos dos servidores do Megaupload são de origem ilegal (pirata), músicas, filmes, jogos e etc. As violações de copyright do Megaupload ronda a casa dos 500 milhões de dólares relativos a lucros não obtidos pelos respectivos proprietários. Durante 2 anos foram feitas investigações no conteúdo do site, nos membros e nos responsáveis pelo mesmo. Todos os arquivos foram deletados e o site oficialmente fechado.


FBI desativou o Megaupload – Hackers desativaram o FBI…

Revoltados com esta atitude, cerca de 4.500 hackers pertencentes ao grupo Anonymous, atacaram o site do FBI utilizando um software chamado LOIC. O ataque foi baseado em DOS distribuídos ou DDOS (distributed denial of service atack). Esta técnica consiste em enviar múltiplas requisições (TCP/UDP/HTTP) ao servidor, fazendo com que o mesmo não possa processar todas elas, e passe a rejeitá-las.E conseguiram, o site do FBI ficou fora do ar por horas, assim como outros sites que apoiam ao projeto S.O.P.A. (Universal Music, Warner Music entre outros)
Fonte: http://www.lucaspeperaio.com.br

Fonte jorra água vermelha e intriga moradores de Goiana


Água avermelhada intriga moradores (Foto: Divulgação/ Aqui Goiana)

Uma água de coloração avermelhada que mina, desde segunda-feira (16), de uma fonte no sítio Chã de Alegria, no distrito de Tejucupapo, no município de Goiana, Mata Norte de Pernambuco, está deixando moradores da região intrigados. Por causa da cor semelhante à do sangue, muitos falam em milagres e pensam até em promover romarias ao local.

Na manhã desta quarta-feira (18), técnicos da 1° Gerência Estadual de Saúde (Geres) foram ao olho d’água e colheram amostras. O material foi enviado ao Laboratório Central de Pernambuco (Lacen), no Recife, onde serão realizados exames fisico-químico e bacteriológicos. O resultado deve sair dentro de uma semana.

A recomendação é de que as pessoas não consumam a água da fonte, que já foi interditada. “Um exame já revelou a presença de coliformes fecais no local. Outro olho d’água, que também fica dentro do sítio, mas que não está com a cor vermelha, teve amostras colhidas por precaução”, disse o secretário de Saúde do município, Ernani Miranda Paiva. Segundo ele, o abastecimento das famílias que residem no local está sendo feito através de carros-pipa.

De acordo com coordenador da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária da 1° Geres, Roberto Coelho, o terreno do sítio tem um barro avermelhado. “Esse barro pode estar contaminando o olho d’água, além da manipulação feita pela população. Não há indústrias perto do povoado”, falou.

Técnicos foram ao local colher amostras para desvendar 'mistério' (Foto: Divulgação/ Aqui Goiana)

Fonte: Jornal Aqui Goiana e http://fimdostempos.net

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

ARQUEOLOGIA COMPROVA INTERVENÇÃO ALIENIGENA NOS POVOS ANTIGOS

O video abaixo mostra que os antigos povos não só tiveram contato como interagiram com civilazções extra-terrestres. Mas como sempre o governo nega tudo até a ultima ponta.
video

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Desde 2010, EUA estão monitorando blogs e sites

A matéria abaixo, da Globo, só traduziu metade da matéria da Reuters.

. Eis o artigo da Globo:

EUA vigiam conteúdo de blogs, redes sociais e até sites de notícias
Desde junho de 2010, centro de operações monitora também Facebook e Twitter

WASHINGTON – O Departamento de Segurança Interna (DSI) dos Estados Unidos monitora rotineiramente dezenas de sites populares, entre os quais Facebook, Twitter, Hulu, WikiLeaks e sites de notícias e fofocas como o Huffington Post e o Drudge Report, de acordo com um documento do governo americano.
Uma “revisão de normas de privacidade” divulgada pelo DSI em novembro informa que, pelo menos desde junho de 2010, seu centro de operações nacionais vem operando uma “capacidade de mídia/redes sociais”, que envolve monitoração regular de “fóruns on-line abertos ao público, blogs, sites públicos e listas de discussão abertas”.
O propósito da monitoração, de acordo com o documento do governo, é “recolher informações usadas para formar um quadro de situação e estabelecer um panorama operacional comum”.

O documento acrescenta, usando terminologia mais clara, que essa monitoração ajudou o DSI e as diversas agências a ele subordinadas, entre as quais o Serviço Secreto e a Agência Federal de Administração de Emergências, a administrar a reação do governo a eventos como o terremoto de 2010 no Haiti e suas consequências, e controles de segurança e fronteira relacionados à Olimpíada de Inverno de 2010, em Vancouver, Colúmbia Britânica.
Um funcionário do DSI que conhece bem o programa de monitoração afirma que sua intenção é apenas a de permitir que o pessoal do centro de comando acompanhe as diversas mídias da era da Internet para que esteja ciente de acontecimentos em curso aos quais o departamento ou suas agências podem ter de responder.

O documento que delineia o programa de monitoração informa que todos os sites monitorados pelo centro de comando são “abertos ao público e… todo o uso de dados publicados via sites de mídia social se destina apenas a oferecer um conhecimento de situação mais preciso, um panorama operacional mais completo, e informação mais oportuna às autoridades decisórias”.
O funcionário disse que, sob as regras do programa, o departamento não mantém normas permanentes do tráfego monitorado. Mas os documentos que revelam os contornos do programa afirmam que o centro de operação “reterá dados por não mais de cinco anos”.
O esquema de monitoração envolve também uma lista de cinco páginas, que consta como anexo do documento de revisão, sobre sites que o centro de comando do DSI planeja monitorar.

Fonte: O Globo e http://juliosevero.blogspot.com e blog Libertar

Mais Sons estranhos continuam pelo mundo

video
Esse som esta sendo ouvido em vários lugares do mundo, em breve postaremos o áudio desse som que foi gravado em uma floresta no Canadá.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Congresso nazi-americano faz leis para censurar a internet mundial!!!

Você sabia que as leis antipirataria serão usadas para acabar com a liberdade de expressão?
Não bastasse a aprovação do Ato Patriótico após 11 de Setembro e, na noite de 31 de dezembro de 2011, em plena véspera de ano novo, da Lei Marcial NDAA, a qual dá poder ao governo dos EUA de usar militares contra a população civil e de prender cidadãos americanos ou qualquer pessoa no mundo sem acusação formal, sem o devido processo legal e por tempo indeterminado (atenção, isto não é uma pegadinha!), agora o falso paradigma político de “republicanos X democratas” está dando mais um passo no sentido de transformar os Estados Unidos em um Estado de Polícia clássico.

Por André o’Zaca

A ameaça mais recente à liberdade está sendo arquitetada atualmente pelo Congresso Nazi-Americano na forma de duas leis antipirataria inconstitucionais que têm os ridículos nomes de SOPA (Lei para Parar com a Pirataria na Internet), que está em discussão na Câmara dos Representantes, e de PIPA, ou Protect-IP (Prevenindo Ameaças Reais Online à Criatividade Econômica e ao Roubo de Propriedade Intelectual), em discussão no Senado.

Os supostos objetivos destas leis, como dizem seus próprios nomes, seriam de combater e erradicar a pirataria de material com conteúdo protegido pelas leis de direitos autorais, tais como músicas, filmes, etc. Por isso, seu processo de elaboração é feito sob um massivo lobby da indústria de gravadoras e produtoras de filmes de Hollywood e de outros setores interessados.

CORPORAÇÕES PRIVADAS TERÃO O DIREITO DE TIRAR SITES DO AR SEM O DEVIDO PROCESSO LEGAL

Somente é necessário que estas corporações denunciem um site que alegadamente esteja disponibilizando a seus usuários o download de filmes, programas de TV e de músicas protegidos por direitos autorais.

Acontece que a maioria destes sites está fora da jurisdição dos EUA. Por isso, as leis que estão sendo elaboradas fazem uso de táticas diferentes:

Elas dão ao governo o poder de fazer com que provedores de internet dos EUA bloqueiem o acesso a nomes de domínios de sites supostamente infratores.
As leis também possibilitam que se processe judicialmente sites de busca, blogs e fóruns para fazer com que estes removam links que direcionem a sites infratores.
As leis darão às corporações e ao governo o poder de impedir que estes sites infratores tenham acesso a recursos financeiros, fazendo com que anunciantes e serviços de pagamento com base nos EUA cancelem suas contas com os mesmos.
Usuários comuns poderão ser condenados a 5 anos de cadeia por postar qualquer conteúdo que seja protegido pelas leis de direitos autorais.

E SITES COMO YOUTUBE E FACEBOOK?

As novas leis antipirataria darão ao governo americano e às grandes corporações o poder de tirar do ar sites como o YouTube, que recebem conteúdo postado por seus usuários.

Caso este conteúdo viole os direitos autorais de uma terceira parte (como quando postamos um trecho de um filme, de uma música, ou até de uma pessoa desconhecidaCANTANDO UMA MÚSICA!), o site, e não mais o usuário que individualmente postou o conteúdo, é que será responsabilizado pela violação destes direitos.

Em consequência, estes sites serão obrigados a avaliar com antecedência todo conteúdo postado ou até mesmo a fechar contas e canais de usuários que só querem circular informação e se comunicar, limitando a abrangência dos maiores veículos de interação social e de divulgação de mídia do mundo, além de minar a criatividade de seus usuários. Isto cerceará o direito à liberdade de expressão de todas as pessoas que usam a Internet no planeta.

DESTRUIÇÃO DA IMUNIDADE DO “PORTO SEGURO”

Nos últimos meses temos visto como sites como YouTube, Twitter e Facebook podem mudar a face do globo, literalmente. O seguinte trecho pertence a um artigo do New York Times:
“O YouTube, o Twitter e o Facebook têm tido um papel importante nos movimentos políticos, desde a Praça Tahrir até o Parque Zucotti. Atualmente, os serviços de redes sociais estão protegidos por uma provisão de ‘porto seguro’ da Lei de Direitos Autorais Milênio Digital, que garante a sites da Web imunidade contra processos judiciais desde que eles ajam de boa-fé para retirar conteúdo ilegal tão logo os detentores de seus direitos o identifiquem. A lei da Câmara de Representantes destrói esta imunidade, colando o ônus sobre o YouTube de verificar vídeos de forma antecipada sob risco de este site sofrer ação judicial. Ela colocaria o Twitter numa posição similar a de seu primo chinês, o Weibo, sobre o qual foi reportado que emprega 1000 pessoas para monitorar e censurar o conteúdo de seus usuários e para manter-se bem-quisto pelas autoridades.”

LISTA NEGRA DE SITES

Um editorial recente no New York Times descreveu como estas novas leis funcionariam:

“As leis dariam poder ao procurador-geral dos EUA de criar uma lista negra de sites que seriam bloqueados pelos serviços de provedores de Internet, sites de buscas, sites de serviços de pagamento e redes de publicidade, tudo isso sem uma audiência judicial nem julgamento. A versão da lei da Câmara de Representantes vai mais longe ainda, permitindo que empresas privadas processem provedores de Internet por, até mesmo que breve e inadvertidamente, hospedar conteúdo que viole direitos autorais – uma mudança aguda em relação à lei atual, que protege os provedores de serviços da responsabilidade civil se eles removeram o conteúdo em questão imediatamente após serem notificados. A intenção não é a mesma do Grande Firewall da China, um sistema de abrangência nacional de censura, mas os efeitos práticos poderiam ser similares.”

QUEM SAI GANHANDO É A MÍDIA PROSTITUTA

É exatamente este tipo de lei que Mídia Prostituta (TV, jornais, revistas e rádio) deseja, pois traria o controle da informação de volta para suas mãos. SOPA e PIPA têm sido promovidas intensamente pelas Mega-Corporações de mídia. Se conseguirem acabar com aliberdade de expressão na Internet, de uma hora para outra todo mundo seria forçado mais uma vez a procurar a Mídia Prostituta para buscar notícias e entretenimento.
Disney, Universal, Paramount e Warner Bros., as quais são grandes estúdios de Hollywood, além de empresas como Apple, Microsoft e Intel, manifestaram seu apoio às novas leis antipirataria.

DIFICULTANDO O SURGIMENTO DE EMPRESAS INOVADORAS E SUFOCANDO A CRIATIVIDADE

PIPA e SOPA são um empecilho ao surgimento e ao crescimento de novas empresas porque permitirão que as Mega-Corporações solicitem o fechamento de qualquer site que elas achem que não esteja excluindo direito links de suas páginas que direcionem para sites infratores, gerando ações judiciais que levarão pequenas empresas rapidamente à falência.

Por outro lado, ninguém vai querer investir no próximo YouTube ou Facebook sabendo que eles poderão ser tirados do ar a qualquer momento por um governo fascista.

BAGUNÇANDO COM A INTERNET

Especialistas acreditam que estas leis irão interferir com os mecanismos internos da Internet ao fazer modificações no sistema de registro de domínios da web. O resultado obtido seria menos segurança e menos estabilidade no meio digital como um todo, ao mesmo tempo em que isso não erradicaria a pirataria porque ainda será possível acessar sites bloqueados apenas digitando o seu endereço IP (número) no navegador de Internet.

REAÇÃO DA COMUNIDADE DA INTERNET

Felizmente, a comunidade da Internet está combatendo intensamente as leis antipirataria.

No começo, o site de hospedagem GoDaddy.com estava dando apoio público à lei SOPA, mas um boicote organizado pelo site de notícias Reddit deu um golpe duro nele. Como resultado, o GoDaddy perdeu mais de 70 mil domínios em apenas uma semana.Toda esta pressão forçou o GoDaddy a retirar o seu apoio à SOPA. No entanto, eles não estão se opondo ativamente à lei neste momento.
O Google, o Facebook e a Amazon poderão interromper seus serviços coordenadamente em protesto, de acordo com o site da Fox News.
Jimmy Wales, co-fundador da Wikipédia, ameaçou desligar a versão em inglês da Wikipédia.
O Cheezburger, o site com gatinhos engraçados, ficará fora do ar no dia 18 de janeiro.
O site de notícias Reddit anunciou que ficará fora do ar por 12 horas no dia 18 de janeiro.
Google, Amazon, Facebook, eBay, Twitter, PayPal, Zynga, Mozilla, Aol, Yahoo! e outras empresas manifestaram-se contra a lei.
Milhares de internautas estão postando vídeos e artigos e divulgando por todas as mídias sociais o que está acontecendo.

CO-FUNDADOR DO GOOGLE ANALISA AS LEIS

Outro nome de peso, o co-fundador do Google, Sergey Brin, está preocupado com o fato de que as leis antipirataria dariam ao governo americano o poder de censurar resultados de busca sem mesmo levar o caso a julgamento.

“Imagine o meu espanto quando a mais nova ameaça à liberdade de expressão vem de ninguém menos do que os Estados Unidos. Duas leis que estão sendo atualmente discutidas no Congresso – SOPA e PIPA – dão ao governo dos EUA e aos detentores de direitos autorais poderes extraordinários, incluindo o poder de sequestrar o DNS dos sites e de censurar resultados de buscas (e isto mesmo sem passar antes por algo como um devido julgamento no tribunal)”

CENSURA ESTILO CHINA COMUNISTA E IRÃ

Estas leis não passam de uma fachada para que o governo americano e corporações possam exercer o poder de censura sobre a Internet, que é o meio mais revolucionário de comunicação da história da humanidade.

Trata-se de uma farsa porque as corporações já possuem o poder de tirar do ar conteúdos específicos através de outras leis, de processar companhias de software peer-to-peer até que desapareçam do mapa e de processar jornalistas apenas por ensinarem como copiar um DVD. Além disso, as novas leis não acabarão com a pirataria porque não impedirão que os usuários de Internet façam downloads, pois ainda será possível acessar um site bloqueado apenas digitando o seu endereço IP (número) ao invés do seu nome.

A Nova Ordem Mundial reconhece que a Internet é a grande arma responsável peloDespertar Global contra a Tirania, por isso o plano de desenvolver uma forma eficiente de limitar o poder que a Internet proporciona de espalhar a verdade e de desmascarar a Elite Globalista é uma de suas prioridades mais urgentes. É ilusão imaginar que o governo do “país mais democrático do mundo”, fantoche de interesses elitistas e corporativos, não usará esta nova legislação para censurar a Internet com o objetivo de defender interesses autoritaristas. É mais do que óbvio que estas leis não surgiram por acaso e que serão usadas como um formidável instrumento de censura travestido de combate à pirataria.

ARTIGOS CONSULTADOS

http://www.infowars.com/why-we-must-stop-sopa/

http://www.washingtonpost.com/business/economy/at-ces-2012-proposed-anti-piracy-legislation-is-a-hot-topic/2012/01/11/gIQADQw5rP_story.html

http://www.weeklystandard.com/blogs/mpaa-head-chris-dodd-online-censorship-bill-chinas-model_611984.html

http://www.infowars.com/sopa-would-destroy-jobs-and-the-economy-%E2%80%A6-so-why-are-unions-supporting-it/

http://www.infowars.com/godaddy-lost-72354-domains-after-supporting-sopa-legislation/

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/01/google-facebook-e-amazon-podem-interromper-acessos-em-protesto.html

http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/01/site-com-gatinhos-engracados-ficara-fora-do-ar-em-protesto-contra-lei_2.html

http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2011/12/13/wikipedia-ameaca-desligar-servico-em-ingles-por-lei-antipirataria-dos-eua.jhtm
Fonte: http://fimdostempos.net/

sábado, 14 de janeiro de 2012

Empresa alemã cria fragrância com cheiro de vagina


A empresa alemã Vivaeros Special Products é a responsável pela produção de Vulva Original, não se trata de um perfume e sim de uma fragrância com aroma de … isso mesmo, Vagina, deu saudade ? , é só sacar seu frasquinho de Vulva Original e lembrar-se da amada. Uma campanha no mínimo interessante.

Tudo bem que há gosto para tudo nesse mundo. Mas descobrir que uma empresa vem fazendo sucesso no segmento das fragrâncias após o lançamento de um perfume com odor a vagina, parece um pouco de exagero.

Fonte: http://mundolouco.net

Nova mania no Japão - As chupadoras de maçanetas


O povão costuma mandar geral "chupar maçaneta" do mesmo jeito que manda "plantar batata", "catar coquinho" ou "chupar prego até virar palito", numas de esculhambar mesmo, mas agora, chegou o Japão e deu para esta expressão um novo e surpreendente sentido: o literal.

Sim, o Japão fez o ato de chupar maçaneta virar fetiche e já tem perfil no Twitter e blog especializado nas chupadoras de maçaneta.

Ninguém sabe explicar direito os motivos dessa espécie de fetiche, mas as fotos já são sucesso na web.

Imagina se você chega em casa e tem uma japonesa chupando sua maçaneta? Para muitos pode parecer sensual, para mim é broxante.

Cada vez mais me convenço que tenho que comprar uma casa no meio do mato e viver bem afastado da humanidade. Que porra é que tem essa juventude? Deformando o corpo, modas estranhas e agora, chupando maçanetas?

Pelo amor de Deus, além de ser rídiculo, sem sentido, é algo 100% sem higiene.














Fonte: http://vagalumebloog.blogspot.com

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Exército de ratos invade a ilha de Montecristo, na Itália


Um exército de ratos invadiu a ilha italiana de Montecristo, no arquipélago toscano, num ataque que nem mesmo o escritor francês Alexandre Dumas poderia ter imaginado na sua famosa obra “O conde de Monte Cristo”, informou nesta sexta-feira o jornal Corriere della Sera. A ilha, que tem apenas 10 km², é uma área protegida e considerada uma reserva natural biogenética.

Os roedores chegaram ao local a bordo de navios e se reproduziram de maneira muito rápida. Segundo o jornal, existe um rato por metro quadrado na ilha que inspirou Dumas, o que pode ameaçar o ecossistema do local. Para solucionar o problema, as autoridades usarão um avião para jogar 27 toneladas de alimentos envenenados em Montecristo.

O método escolhido foi duramente criticado por associações a favor dos animais e pelo campeão de pesca submarina Carlo Gasparri, quem escreveu uma carta à Promotoria da capital da Toscana, Florença, na qual afirma que o veneno utilizado é contraproducente. “O produto é altamente tóxico para os organismos marinhos e pode provocar efeitos negativos no ambiente a longo prazo. Além disso, é uma substância que demora muito para desaparecer do ambiente”, afirmou Gasparri.

O praticante de pesca submarina também disse que o veneno é um risco para os milhares de turistas que desembarcam em Montecristo no verão para uma visita guiada. Ele propõe que seja usado um veneno mais leve. Na ilha, onde vive um vigia com sua família, há uma vila do século XVIII, as ruínas de um antigo mosteiro e a gruta onde viveu no século V o Bispo de Palermo, São Maximiliano.

FONTE

Vírus mortal da Gripe Aviária criado em laboratório


RIO – Parece um roteiro de Hollywood, mas é bastante real. Cientistas europeus e americanos criaram em laboratório uma linhagem mortal do vírus da gripe aviária, capaz de infectar e matar milhões de pessoas, segundo revelou uma reportagem exclusiva publicada pelo jornal inglês “The Independent”. A notícia gerou temores entre especialistas em biossegurança de que as informações caiam nas mãos de terroristas que possam usar o agente como arma biológica de destruição em massa. O governo dos EUA pediu ontem que a sequência genética do vírus alterado não seja revelada na publicação do estudo.

Há o temor também de que um acidente acabe deixando escapar o micro-organismo. Alguns cientistas questionam se esse tipo de pesquisa poderia ter sido feita num laboratório de universidade e não numa instalação militar.

— O medo, ao se criar algo tão mortal assim, é que se transforme numa pandemia global, com altas taxas de mortalidade e custos excessivos — explicou um conselheiro científico do governo americano, na condição de anonimato, ao jornalista Steve Connor, do periódico inglês. — O pior cenário nesse caso é muito pior do que se pode imaginar.

Pela primeira vez, pesquisadores conseguiram provocar uma mutação na linhagem H5N1 da gripe aviária, tornando-a mais facilmente transmissível pelo ar. A linhagem da gripe aviária matou centenas de milhares de aves, desde que foi descoberta pela primeira vez, em 1996, mas, até agora, infectou apenas cerca de 600 pessoas que tiveram contato direto com as aves doentes.

Seis em cada dez infectados morrem

O que torna o H5N1 tão perigoso, no entanto, é que ele matou cerca de 60% das pessoas infectadas — tornando-o uma das mais letais formas de influenza na História moderna — uma capacidade de matar moderada apenas por sua inabilidade (até agora) de se espalhar facilmente entre humanos. O vírus alterado em laboratório, no entanto, se transmite facilmente entre os humanos.

Cientistas que realizaram a controversa experiência descobriram que é mais fácil do que se imaginava transformar o H5N1 numa linhagem altamente infecciosa de gripe. Eles acreditam que o conhecimento adquirido com o estudo seria vital para o desenvolvimento de novas vacinas e drogas.

— Trata-se de uma pesquisa muito importante — afirmou a diretora de políticas científicas do Instituto Nacional de Saúde dos EUA, que patrocinou o estudo, Amy Patterson. — À medida que os vírus evoluem na natureza, queremos estar preparados para saber detectar rapidamente mutações que podem indicar que eles estão $aproximando de uma forma que o torne capaz de cruzar a barreira das espécies mais rapidamente.

Mas os críticos dizem que os cientistas colocaram o mundo em risco ao criar uma forma de gripe extremamente perigosa. Cientistas têm poucas dúvidas de que a nova linhagem de H5N1 criada — resultado de apenas cinco mutações em dois genes-chaves — tenha o potencial de causar uma pandemia humana devastadora que poderia matar dezenas de milhões de pessoas. O estudo foi feito em furões, que, quando infectados com influenza, são considerados os melhores modelos animais para se estudar a doença humana.

Os detalhes do estudo são considerados tão delicados que foram examinados pelo Conselho Nacional de Ciência para Biossegurança do governo americano, que pediu às revistas “Science” e “Nature”, às quais o estudo foi submetido, que não publiquem a sequência genética completa.

— Essas são áreas da ciência em que a informação precisa ser controlada — afirmou um cientista do conselho, que falou na condição de anonimato ao “Independent”. — Os exemplos mais extremos são, por exemplo, como fazer uma arma nuclear ou qualquer arma que possa ser usada para matar pessoas. Mas as ciências biológicas não tinham se deparado com uma situação dessas antes. É realmente uma nova era.

O estudo foi feito por um grupo de cientistas holandeses coordenado por Ron Fouchier, do Centro Médico Erasmus, em Roterdã; e também por Yoshihiro Kawaoka, da Universidade de Wisconsin-Ma$, nos EUA.

“Descobrimos que isso é, de fato, possível e mais fácil do que se imaginava. No laboratório, foi possível transformar o H5N1 num vírus de transmissão por aerossol que pode se espalhar rapidamente pelo ar”, informou Fouchier em comunicado oficial. “Esse processo também poderia ocorrer num ambiente natural.”

Autor do estudo defende experiência

Para justificar a experiência, ele afirmou: “Sabemos por qual mutação procurar no caso de um surto e poderemos, então, interrompê-lo antes que seja tarde. Além disso, a descoberta ajudará no desenvolvimento de vacinas e remédios.”

Alguns cientistas questionaram se esse tipo de pesquisa deveria ser feito num laboratório de universidade, sem a segurança contra terroristas existente em instalações miltiares. Eles ressaltaram também que vírus experimentais já escaparam acidentalmente de laboratórios aparentemente seguros em outras ocasiões, causando epidemias humanas — caso da gripe de 1977.

— Há quem diga que um trabalho como esse não deveria nunca ser feito ou teria de ser em um local onde toda a informação pudesse ser controlada — afirmou uma fonte próxima ao Conselho de Biossegurança. — A tecnologia (de engenharia genética) é hoje comum em muitas partes do mundo. Com a sequência genética, é possível reconstruí-lo. Por isso a informação é tão perigosa.

A versão on-line do jornal britânico “Independent” publicou nesta terça-feira uma reportagem alarmista sobre a descoberta por cientistas europeus de um vírus mortal da gripe aviária que poderia provocar uma pandemia mundial e ser usado por grupos terroristas.

Os pesquisadores do laboratório Centro Médico Erasmus de Roterdã (Holanda) afirmam terem desenvolvido uma versão mutante do H5N1 –o vírus da gripe aviária– e demonstraram que querem publicar o estudo liderado pelo virologista Ron Fouchier.

O governo dos Estados Unidos, por sua vez, diz o jornal britânico, estaria consultando um grupo de especialistas quanto ao perigo de se divulgar um estudo como esse.

O artigo seria publicado no “American Journal of Science”, mas o US National Science Advisory Board for Biosecurity (conselho consultivo dos EUA para assuntos sobre biossegurança) considera o bloqueio do estudo.

Uma fonte do conselho, que não se identificou, disse ao jornal britânico que o NIH (sigla de Instituto Nacional da Saúde), patrocinador da pesquisa, está decidindo o que será publicado e quanto deve ser omitido.

“Há áreas da ciência em que a informação precisa ser controlada”, acrescentou, citando como exemplo a produção de armas nucleares.

Alguns cientistas também questionam se a pesquisa deveria ter sido conduzida por um laboratório universitário ao invés de um militar.

O vírus mutante do H5N1 poderia ser transmitido pelo ar após tosses e espirros de doentes. Até agora, sabia-se que o contágio pelo H5N1 só se dava entre humanos depois de um contato físico mais estreito.

Cerca de 60% dos infectados com o vírus da gripe aviária –mais de 350 pessoas no mundo todo– morreram. O contágio foi, entretanto, limitado porque o H5N1 não é transmitido facilmente entre humanos.

Os críticos dizem que o vírus pode se espalhar para além do laboratório onde foi criado ou correria o risco de ser usado por terroristas, que o replicariam.

Uma segunda equipe de cientistas, das universidades de Wisconsin e Tóquio, trabalharam em pesquisa semelhante coordenada por Yoshihiro Kawaoka e chegaram a resultados semelhantes aos obtidos por seus colegas europeus, mostrando que o vírus mortal poderia ser facilmente criado.

Segundo Fouchier, a sua pesquisa, do ponto de vista científico, seria vital para o desenvolvimento de novas vacinas contra a gripe aviária.

FONTE: http://fimdostempos.net