terça-feira, 8 de maio de 2012

Loterias são uma farsa

O que a maioria dos países ocidentais tem em comum? Sim, exatamente, Loterias controladas pelo governo. Segundo conspirologos, Loterias são apenas mais uma forma de desviar o dinheiro do bolso do povo para o bolso de algum riquinho corrupto por aí ou uma maneira de arrecadar mais impostos sem reclamação. Porém, tudo não passaria de um ato muito bem orquestrado. Antes do advento dos computadores As loterias antes do advento dos ganhadores eram pouco controladas. Sabiam antecipadamente qual seria o resultado utilizando o método gravitacional de peso das bolas . Porém nada assegurava que outra pessoa pudesse também acertar a sequencia de dezenas, o que era um problema até chegar a era digital. Os computadores Com os computadores tudo ficou mais fácil, segundo os teóricos da conspirações. Isso porque todos os cartões apostados vão para a central. Antes do sorteio, verificam no banco de dados uma seqüência de dezenas que ninguém apostou e emitem o bilhete premiado que é entregue ao “ganhador”. Depois basta magnetizar as bolas que serão sorteadas, armar um campo receptor na abertura do Globo e a bola é atraído pelo mesmo. Para evitar que outras bolas caiam na abertura, ela não fica totalmente aberta, sendo que a abertura total só ocorre quando a bola magnetizada estiver sobre o campo. Os ganhadores aqui no Brasil Você provavelmente nunca conheceu alguém que ganhou na Mega Sena, ou já? A verdade é que os conspirologos acreditam que nem todos os sorteios sejam farsas. Alguns prêmios de menor valor devem ser realmente sorteados senão levantaria muitas suspeitas. Todavia, deve ser do seu conhecimento que, coincidentemente, os prêmios maiores saem sempre para cidades do interior, com menos de 20 mil habitantes, para um sujeito que ninguém nunca ouviu falar apesar de que, como diz os ensinamentos populares “em cidade do interior, todo mundo conhece todo mundo” (exceto o sujeito que ganhou na Mega Sena hehehe). E quando não é isso é para o DF. “Ok, mas quais são as provas?” você deve estar pensando. Não existem provas concretas que isso acontece, exceto, os estranhos sortudos que aparecem e os seqüenciais que hora ou outra são sorteados. Quer exemplos? Diversos deputados já ganharam mais de 4 vezes na Mega Sena, como o ex-deputado João Alves que ganhou mais de 200 vezes. Em 2004, a polícia federal decidiu investigar as Loterias da CEF porque descobriu que um grupo de 200 pessoas já havia ganho mais de 9095 vezes entre março de 1996 e fevereiro de 2002. Cada apostador desse grupo teve em média 45 bilhetes premiados –um número praticamente impossível de ser alcançado caso os jogadores não se dispusessem a gastar com apostas sempre muito mais do que ganhariam, segundo matemáticos ouvidos pela Folha de São Paulo. Ao todo, o grupo ficou com R$ 64,8 milhões. Fora isso, como dito anteriormente, alguns sorteios apresentaram resultados totalmente improváveis, como repetição do mesmo sequencial em dois sorteios consecutivos e pessoas que ganharam na mesma semana em várias tipos de loterias. As loterias também foram alvo da CPI dos Bingos para quem não lembra, que investigou um possível esquema de lavagem de dinheiro feito através da Mega Sena. Como não existe limite por jogador e mesmo que existisse, bastaria transferir as apostas para inúmeros outros apostadores “laranjas”, a Mega Sena poderia servir como lavagem de dinheiro. Bastaria apostar um número maior de sequencias que as possibilidades possíveis, ou seja, 50 milhões. Embora haja provavelmente perda no processo, o dinheiro obtido com o sorteio seria limpo. Porém, tudo é muito duvidoso. Como os conspirologos não possuem provas que comprove a farsa, resta a nós a duvida. Mas cá entre nós, se for verdade e algum dia alguém conseguir provar, vai ser o Apocalipse made in Brazil.

Morador do Distrito de Pirabeiraba registra fenômeno estranho no céu

Morador do Distrito de Pirabeiraba registra fenômeno estranho no céu Feixe de luz foi visto na direção da Serra Dona Francisca
Sidnei Gonçalves, 39 anos, passeava pelo Centro de Pirabeiraba quando se deparou com um enorme feixe de luz Foto: Pena Filho / Agencia RBS Na manhã deste domingo, um morador da Estrada Mildau, em Pirabeiraba, filmou um fenômeno estranho no céu. Sidnei Gonçalves, 39 anos, passeava pelo Centro de Pirabeiraba quando se deparou com um enorme feixe de luz. — Era como se fosse um rastro, mas diferente dos deixados pelos aviões, que logo some. Ele ficou durante muito tempo —, conta. O fenômeno foi filmado na direção da Serra Dona Francisca, por volta das 6h30. — Acho que pode ter havido alguma explosão. Porque foi algo muito diferente, que eu nunca tinha visto —, relata. Neste final de semana, Pirabeiraba também registrou outro fato. A Defesa Civil de Joinville confirmou que houve pelo menos nove tremores de terra na região de Pirabeiraba, zona Norte de Joinville, entre às 21 horas deste sábado e a manhã de domingo. http://www.jornalfloripa.com.br/cidade/index1.php?pg=verjornalfloripa&id=922 http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=1&contentID=250916&channel=103